LAPSO, SLOW MO & OS DETALHES

 

JÁ TEVE AQUELA SENSAÇÃO IMBECIL, DE QUANDO VOCÊ ESTÁ PROCURANDO ALGO, OLHA NOS LUGARES MAIS IMPROVÁVEIS, NÃO ENCONTRA, MAS QUANDO PERCEBE ESTAVA NA SUA FRENTE E VOCÊ NÃO VIU?

Pois é, eu tenho exatamente a mesma sensação, em relação as imagens que eu vejo captadas por essas novas câmeras super high tech. As imagens estavam na nossa frente a anos, mas não víamos.

A discussão de qual a máxima frequência que o olho humano capta é técnica e complicada. O princípio é simples, quanto mais imagens são captadas em um menor espaço de tempo, maior será a perfeição do slow motion. Quanto maior for o espaço das imagens captadas, maior será o efeito no time lapse. A ilustração abaixo ajuda a explicar. FPS é a sigla para Frames per Second, ou Quadros por Segundo.

fpsillustration

A discussão de frequência vai bem além disso, mas para leigos como nós é desnecessária. O legal é assistir as coisas e curtir as imagens. Os detalhes do super slow, principalmente nos esportes, são muito bacanas!

A captações em primeira pessoa, também deram outro ponto de vista.

Drew Geraci é um dos grandes fotógrafos, especializados em distorcer o tempo através das câmeras. Antes de abrir a Distric7, ele foi fotógrafos da marinha americana por quase uma década e fez diversos cursos de fotografia e motion na academia militar de Syracuse. Um mestre em praticamente todas as técnicas de motion mídia. É dele inclusive a abertura do House Of Cards.

Abaixo um time lapse feito em Nova York. Foram mais de 50.000 fotos ao longo de 6 meses.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s